Carregando...
Escala de Instrução    Telefones:    (21) 3553-2443   /   (21) 2432-7184   /   (21) 9 6465-5490
     

Como me Tornar Piloto?

Inicialmente é preciso definir qual o seu foco. Caso deseje se tornar um piloto militar e rasgar os ares em um caça ou aeronave de transporte pesado, visite o portal da AFA/EPCAR (ingresso.afaepcar.aer.mil.br) para buscar mais informações sobre o ingresso na Força Aérea Brasileira (FAB). É importante possuir até 23 anos e se preparar para um concurso bastante concorrido no meio. Após a sua aprovação, a FAB proporcionará toda a sua formação de aviador e ao fim de sua carreira, será possível ingressar na aviação comercial com toda a capacitação proporcionada pela FAB.

Caso deseje se tornar um piloto comercial ou apenas ter a aviação como um passatempo, o primeiro passo é o mesmo.

1º Passo - Aptidões Físicas

Antes de decidir se realmente almeja seguir a bela carreira que é a aviação, é preciso saber se você está apto fisicamente e psicologicamente, não só para atender a requisitos, mas também para certificar você a desempenhar tarefas que serão executadas no dia a dia da profissão. É preciso obter um Certificado Médico Aeronáutico (CMA). Antes mesmo de obter o CMA, será necessário obter um "Código ANAC", que será a sua "identidade" na aviação.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), é o orgão responsável pelo controle de licenças e habilitações de pilotos, disponibilizou este documento orientando os candidatos sobre como gerar o seu código ANAC. Após gerar, salve este número para sempre!

Após gerar seu Código ANAC, você poderá procurar uma das clínicas credenciadas pela ANAC para realizar o seu exame para a obtenção do Certificado Médico Aeronáutico (CMA) de 2º classe, que atende a Pilotos Privados. A STS, recomenda o CMA Tijuca, para candidatos do Rio de Janeiro.

2º Passo - Matricular-se em um Curso Teórico

Agora que você já possuí um CANAC e CMA, está na hora que começar a estudar, estudar, estudar e estudar! Segundo o RBAC 61, um dos regulamentos emitidos pela ANAC que rege a emissão de licenças e habilitações, diz que todo piloto deve ser certificado não só fisicamente, mas também teoricamente em matérias como Navegação, Teoria de Voo, Regulamentos de Trafego Aéreo, Meteorologia e Conhecimentos Técnicos. Para isso, é essencial que você esteja matriculado em um curso teórico, que também é oferecido pela STS. Clique aqui para acessar a página do curso de Piloto Privado (PP).

Após a conclusão do seu curso teórico, você já está apto a realizar a prova teórica da ANAC. Clique aqui para ver as orientações da ANAC quanto a solicitação de exames teóricos. Após a sua aprovação nos exames teóricos, você terá em mãos o seu CCT (Certificado de Capacidade Técnica).

3º Passo - Início do Treinamento Prático

Com CMA e CCT em mãos, você está apto a iniciar o treinamento prático de Piloto Privado. Neste site você encontra os valores das horas de voo de cada aeronave de nossa escola, disponíveis na aba Aeronaves em mais informações. O treinamento prático tem duração de 47hrs, incluindo horas de voo noturnas e diurnas. Em seu término, você estará licenciado como Piloto Privado (PP), não podendo realizar voos, ou trasporte de pessoas com fins lucrativos, e habilitado em aeronaves monomotoras terrestres (MNTE). Caso deseje ter a aviação como um passatempo seu objetivo já está concluído!

4º Passo - Aptidões Físicas para Piloto Comercial

A licença de PP, ainda não é suficiente para que você siga para a próxima fase de sua formação, que é a de Piloto Comercial (PC), somente com ela você estará licenciado a transportar bens e pessoas com fins lucrativos, ou seja, ter a aviação como profissão. Para seguir essa trilha você deve estar portando um novo CMA, o de 1º Classe, que pode ser obtido da mesma forma que o de 2º classe, mas com novos requisitos mínimos para a concessão. É preciso consultar o RBAC 67 para saber se você está apto a seguir para a próxima fase.

5º Passo - Curso Prático de Piloto Comercial

Além das 47hrs que você já deverá possuir, será necessário acumular mais 100hrs para a obtenção da licença de Piloto Comercial e durante o curso você realizará manobras mais avançadas e navegações mais complexas, além de receber a capacitação necessária para voar uma aeronave sem referências externas visuais caso deseje (25hrs de voo em simulador e 20hrs de voo real), e voar uma aeronave com mais de um motor para adquirir a habilitação de multimotores (MLTE) caso deseje.

6º Passo - Mercado de Trabalho

Para abrir um leque maior de oportunidades, muitos pilotos optam pelo curso de instrutor de voo para acumular horas de voo e consequente experiência para o ingresso em uma linha aérea de aeronaves de médio e grande porte, ou até mesmo a aviação executiva. É importante também realizar cursos livres para enriquecer seu currículo, como por exemplo o curso de Introdução a Aeronaves a Jato (Jet Training), Navegação Baseada em Performance (PBN) e Separação Vertical Mínima Reduzida (RVSM).

O domínio da lingua inglesa é indispensável para qualquer piloto atualmente, é importante ao final de sua formação realizar o exame da ICAO (Organização Internacional da Aviação Civil), para obter este requisito obrigatório para ingressar em uma linha aérea. Caso não tenha o domínio adequado do idioma a STS oferece neste âmbito, o curso preparatório para o exame em específico.